A AUDITORIA INTERNA NO FORTALECIMENTO DO ACCOUNTABILITY E DISCLOSURE EM CINCO EMPRESAS PÚBLICAS BRASILEIRAS

Nilton Cezar Carraro, Marco Aurélio Batista de Sousa, Sirlei Tonello Tisott, Fernando Rodrigues Teodoro dos Santos, Rosivane Bessa Kawamura

Resumo


A prestação de contas e a transparência das empresas públicas brasileiras, tem se tornado tema de bastante repercussão em razão da sociedade e outras partes interessadas desejarem monitorar ou fiscalizar como o dinheiro público está sendo investido. Desta forma, este trabalho teve o objetivo de identificar o nível de transparência e prestação de contas, com o auxílio do comitê de auditoria e a aplicação dos programas de compliance e whistleblowing em empresas públicas. Para alcançar o objetivo proposto, foi realizada uma pesquisa qualitativa, de caráter descritivo, analisando os relatórios anuais de cinco empresas públicas, para evidenciar se as mesmas possuem comitê de auditoria e se fazem uso dos programas de compliance e whistleblowing. Os resultados se mostraram positivos para duas delas. O BB apresentou nível médio alto de transparência na prestação de contas, enquanto a PETROBRAS apresentou nível médio. Já o BNDES e a CEF apresentaram nível médio baixo e a ECT apresentou nível baixo. Pôde-se identificar que as empresas que possuem o comitê de auditoria em sua estrutura organizacional divulgam suas informações com mais eficácia, confirmando a importância da sua função, melhorando a comunicação com a sociedade e outras partes interessadas.


Palavras-chave


Erro. Fraude. Compliance. Whistleblowing.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN Impresso: 1679-8708

ISSN Eletrônico: 2177-742X