A crítica de Berkeley à noção de substância em Locke

Leandro Menegazzo

Resumo


Este ensaio discute um dos momentos mais importantes do debate sobre a noção de substância, a saber, o debate entre John Locke e George Berkeley, dois dos maiores empiristas. Procuraremos mostrar que Berkeley antecipa algo que se tornará explícito na obra de David Hume, o afastamento radical da noção de substância

Palavras-chave


George Berkeley. Empirismo. Substância.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN Impresso: 1679-8708

ISSN Eletrônico: 2177-742X